A Verdade que nunca te contaram sobre: Barbearia

junho 27, 2017

Oiii descoladas lindjas e descolados, tudo bom?

Hoje vou abordar um tema Tendência que é: BARBEARIA!
A profissão é antiga, porém tem ganho maior destaque atualmente (2015 a 2017), no Brasil. Eu cresci vivenciando ela todos os dias, pois a geração da minha família tem formados barbeiros: meu TatarAvô, meu BisAvô, meu Avô e o meu Pai.
Vou contar um resumo do que é ser um barbeiro(a).

Como tudo começou
O barbeiro surgiu em meados de 1549 e foi apresentada ao Brasil pelos jesuítas.
Não há registros de trabalhos concretos dos mesmos, porém essa profissão foi surgindo de algum lugar e foi bem instruída, não é mesmo?
No artigo que li a diferença de barbeiro e cabeleireiro é bem grande, e sim até os dias atuais quem presta bem atenção sabe disso. Essa categoria foi diferenciada há anos atras, por serem grandes artistas em manusear objetos cortantes e cuidados com a saúde não só para deixar a beleza evidente.


A verdade sobre ser realmente um Barbeiro 
Agora a toalha vai esquentar ops a chapa rs
Esse papo tá sendo um tanto quanto polêmico, porque muitos cabeleireiros estão querendo virar barbeiros de uma hora pra outra por conta da "modinha".
Que é uma besteira pra mim, cada profissional tem o seu lugar e sabe de suas funções, como expliquei acima os barbeiros eram diferenciados por usar objetos mais perigosos e não cuidar somente da estética e sim da saúde. Higiene é saúde.
O barbeiro pertence à categoria masculina, corta cabelos na tesoura ou máquina e faz barbas com navalha afiada. Trata da saúde da pele, com um trabalho bem feito e higiênico.
Nada de químicas, escovas ou algo dessa proporção, obviamente que tudo tem um aperfeiçoamento (como os dias de hoje que temos a progressiva em barbearias) mas não pode fugir tanto da tradição, porque aí já passaria MUITO além dessa profissão.


Início das mulheres nessa área
Nesse mesmo artigo (que a fonte estará no final do post, se despertar seu interesse de saber tudo historicamente falando) como não haviam registros concretos sobre os barbeiros, eles não podem afirmar também que a mulherada não entrou na parada. Que na minha humilde concepção faz muito sentido. Essa profissão era feita por negros, mulatos ou homens livres, pobres. Eles carregavam navalhas, pentes, tesouras, lancetas, ventosas, sabão, pedras de amolar, bacia de cobre, escalpelos, boticões, escarificadores, alçapremas, torqueses e sanguessugas.
Essas são as únicas afirmações que vimos até os dias hoje. Então por que as mulheres dessas raças e classes sociais não podiam? eu duvido muito, que antigamente não havia uma barbeirA executando muito bem o seu trabalho. Porque atualmente sabemos que a grande maioria faz booooonito! Principalmente em barbas por conta da mão mais leve.


E eu não podia deixar de compartilhar aqui a minha nova experiência, que é o curso pra me tornar uma barbeira! Estou muito feliz com o aprendizado, é uma área diferente da beleza, porque pra quem não sabe já sou Maquiadora profissional formada.. porém estou amando e tá sendo tudo muito mágico, divertido e famíliar claaaaaro rs
Agora, só trabalhar bastante e esperar pra saber, o que Deus tem pra mim nessa minha trajetória!





FONTE DA PESQUISA: https://pt.wikipedia.org/wiki/Barbeiro-cirurgi%C3%A3o

Espero que tenham gostando, comentem aqui embaixo sua opinião sobre Barbearia, ser um Barbeiro, e se sua vida está envolvida de alguma forma, com essa profissão tão épica!
Té mais.

Você também vai gostar ...

0 comentários

Assuntos do Blog